Manual da Descoloração Parte III: Top 5 Descolorantes e como usar cada um deles

Você já fez a análise dos fios na Parte II, e descobriu que precisará descolorir. E agora, qual descolorante usar?


Lembre-se: Antes da aplicação de qualquer um desses produtos vocês devem fazer teste de mecha para verificar se não haverá incompatibilidade, alergia ou qualquer outro problema. Boa sorte!

Top 5: Melhores descolorantes para você guardar para a vida!

Esse é o meu favorito: descolore com o mínimo de danos e abre até 9 tons com muita facilidade e rapidez, o que é excelente, pois quanto menos tempo o descolorante age nos fios, menor os danos.
Descrição do produto: Descolorante especialmente desenvolvido para o clareamento de cabelos naturais ou tingidos. Possui Silicato de Sódio e Carbonato de Magnésio que fazem o controle do pH do produto para que o clareamento ocorra de maneira segura para os cabelos; Persulfato de Amônio, ativo que proporciona o clareamento da tonalidade dos fios; Parafina líquida e Dimeticona: Atuam como agentes emolientes para os cabelos, fazendo a proteção dos fios Aminoácido Glicina: Fortalece e repara a estrutura interna do cabelo ao mesmo tempo em que confere hidratação delicada aos fios. Proporção: Proporção de mistura que permite adequar a consistência desejada (35gr descolorante + 50 a 90 gramas de Loção Ativadora).
2º lugar: Igora Vario Blond Extra PowerSchwarzkopf 
Usei esse descolorante durante muuuito tempo em mim, quando eu fazia Ombré Hair, e em várias clientes e nunca tive problemas. Ele descolore muito bem, mas dá uma ressecada boa nos fios. Mas levando em conta o quão agressiva uma descoloração é,  ele é um dos melhores. Não resseca a ponto de não ter volta, com cuidado e carinho você recupera os fios.
Descrição do produto: Sua formulação é composta por: Silicato de Sódio e Carbonato de Magnésio: Faz o controle do pH do produto para que o clareamento ocorra de maneira segura para os cabelos; Persulfato de Potássio, Sódio e Amônia: Ativos que auxiliam no clareamento dos fios;  Sílica: Absorve o excesso de oleosidade, deixando os cabelos flexíveis e hidratados; Polímeros de Acrilato:  Possuem alta tolerância à umidade e, dessa forma, evitam a formação de frizz; Sulfato de Amônia: Facilita a ação das substâncias descolorantes, ou seja, abre os vasos capilares permitindo a penetração de pigmentos e corantes que alteram a cor dos fios; Glicina: aminoácido que fortalece e repara a estrutura interna do cabelo ao mesmo tempo em que confere hidratação delicada aos fios; Dimeticona e Óleo Mineral: Ativos responsáveis por promover hidratação e emoliência, deixando os cabelos macios e sedosos. Proporção: A proporção da mistura é de 1:2 (por exemplo, 35g do pó + 70ml da loção ativadora). 
3º lugar: D'Colore System, Tec Italy
Conheci esse descolorante por acaso, na verdade queria comprar o da Igora (acima), mas não tinha. Me falaram bem desse da Tec Italy, e como já conhecia a marca e gostava, resolvi arriscar. Não me arrependi: descoloração rápida e com pouco fundo amarelado. Recomendo para quem tem os fios resistentes ou naturais. Nas mãos de um profissional ele cumpre muito bem a função, sem falhas.
Descrição do produto: Pó descolorante com Tricosil, composto protetor capilar que combina os mais finos silicones para o cuidado e condicionamento máximo do cabelo. Garante uma ação eficaz, respeitando a integridade do cabelo. Elimina reflexos laranja e amarelo (graças a seu pigmento azul). Permite realizar descolorações radicais sem debilitar o cabelo. Protege o filamento capilar durante o processo. Clareia 7 níveis em cabelo natural. Modo de usar: Utilize 01 parte de D`Colore para 3 partes de Água Oxigenada (1 :3)

4º lugar: Alfaparf Supermeches
Assim que eu comecei a enveredar por produtos profissionais, esse foi o primeiro descolorante que eu usei. Fazia mechas com ele e o resultado era sempre excelente e uniforme. Outro ponto positivo do Supermeches é o preço muito convidativo, pois dos descolorantes profissionais é um dos mais em conta e que mantém a boa performance. Apenas recomendo cautela no uso em cabelos danificados pois ele descolore bem mas danifica mais que o top 3 acima, não esqueça o teste de mecha!
Descrição do produto: Alfaparf Supermeches Pó Descolorante é um pó descolorante que clareia até 7 tons e possui uma fórmula exclusiva com Goma de Guar que assegura a máxima aderência da mistura ao cabelo, atingindo resultados perfeitamente uniformes. Possui creatina que reconstrói o interior da fibra capilar. Proporção: Pode ser usado 1:1, 1:2 ou 1:3, de acordo com a técnica de descoloração escolhida.

5º lugar: Descolorantes da Amend
Esse já me ajudou muitas vezes! Principalmente em soap caps ou limpezas rápidas de cor. Se você não quer gastar muito com um pó descolorante e tem os cabelos resistentes, eis a sua melhor alternativa: O pó descolorante da Amend. Ele é um produto muito honesto: barato, eficaz e que cumpre totalmente o que promete. A descoloração com ele é um pouco mais lenta, mas se você não precisar descolorir muito os fios (para atingir um platinado, por exemplo), ou vai fazer um soap cap, por exemplo, vale super a pena. A marca conta ainda com a versão sem amônia, excelente para quem possui alergia ao componente ou não quer usar. Apenas não o recomendo para quem tem cabelos muito escuros e quer platinar, mas se o seu objetivo é abrir até 4 ou 5 tons, recomendo muito!

Com amônia - Amend Pó Descolorante Rápido com Queratina e Silicone

Descrição do produto: Através de sua formula exclusiva promove proteção aos fios, minimizando as agressões causadas pela descoloração. É ideal para ser usado em cabelos quimicamente tratados, alisados, relaxados ou coloridos. Proporção: 1 para 2 (Exemplo: para 1 medida de pó descolorante, utilizar duas medidas de água oxigenada). 
Descrição do produto: Sua fórmula minimiza agressões causadas pela descoloração, proporcionando um clareamento mais seguro aos fios. Contém colágeno hidrolisado que atua como agente protetor durante o processo da descoloração. Com fragrância suave e sem odor característico da amônia, sua aplicação é fácil e prática. Não contém amônia, mas continua com as mesmas restrições de um pó descolorante. Proporção: 1 para 2 (Exemplo: para 1 medida de pó descolorante, utilizar duas medidas de água oxigenada). 
Como fazer teste de mecha?
Em uma mecha pequena que não apareça (nuca, por exemplo), realize todo o processo de descoloração que você realizaria em todo o cabelo. Feito isso, aguarde 48horas para verificar se houve quebra, corte químico ou qualquer reação como ardor, coceira ou irritação. Caso note qualquer estranheza, mesmo durante o processo, lave imediatamente e não use, pois você tem hipersensibilidade. Caso tenha corte químico, porosidade ou fios elásticos, não aplique em todo o cabelo: o resultado pode ser desastroso!

Dicas!
  • Se você descolore os cabelos com frequência, compre um pote grande e deixe sempre com você. Sai mais caro a primeira vista, mas no fim das contas sai mais em conta, até porque eles são melhores que os "de farmácia", na medida do possível.
  • Cabelos quimicamente tratados: Recomenda-se o uso de ox 10, no  máximo 20. Cabelos naturais: Oxidante volume 30. Ox 40 volumes é arriscado, muito cuidado. Quanto mais escuro os cabelos, maior a volumagem do oxidante.
  • Misture com o auxílio de uma espátula não metálica ou pincel, até obter uma mistura homogênea. 
  • A aplicação deverá ser feita sobre os cabelos secos e não lavados, iniciando na nuca ou nas partes mais escuras.
  • Para retoque de raízes, aplique o creme apenas nas áreas de crescimento, sem tocar nas zonas de cabelo já descolorido. Tocar em áreas já descoloridas pode ser desastroso!
  • Manter fora do alcance das crianças. 
  • Não usar nos cílios e sobrancelhas. 
  • Em caso de contato com os olhos, lavar com água em abundância. 
  • Não aplicar se o couro cabeludo estiver irritado ou lesionado. 
  • Não se recomenda o uso deste produto em gestantes. 
  • O produto é impróprio para uso em crianças. 
  • O uso indevido deste produto pode causar danos no organismo em geral. 
  • Usar luvas adequadas. 
Fique atenta para as próximas postagens do "Manual da descoloração | Como conseguir cabelos coloridos" seguindo o blog:


Parte I: Como eu removi a coloração escura dos fios sem danificar meus cabelos?
Parte IV: Como tratar os fios antes, durante e depois da descoloração.
Parte V: Escolhendo as cores fantasia.
Parte VI: Métodos alternativos de despigmentação: O que é Dekapcolor, Effaçol e Soap Cap?
Parte VII: Não deu certo, e agora?

Gostou desse Manual? Dê sugestões de outros manuais para nós nos comentários, vai ser um prazer escrevê-los!

Manual da descoloração | Como conseguir cabelos coloridos - Parte II

Manual: Como conseguir cabelos coloridos - Parte I: Análise dos fios, estrutura e cor. Passo a passo de despigmentação, decapagem e/ ou descoloração.
Não é segredo para ninguém que os cabelos coloridos ja estão em alta há algum tempo. Muitas famosas aderiram a moda, como Katy Perry, Kylie Jenner, Demi Lovato, Avril Lavigne, Hayley Williams, Christina Aguilera, Kelly Osbourne e outras, mostrando pra gente que é sim possível ser diva e colorida. Mas também não é segredo que na hora de trocar a cor das madeixas, muita gente acaba se atrapalhando e causando muitos danos aos cabelos, que podem ir de coisas realmente pequenas como só um ressecamento ou ficar com a tonalidade diferente da esperada, até coisas realmente graves como um corte químico daqueles que vai te causar dor de cabeça por muitos anos. Mas então, como conseguir o colorido dos seus sonhos?  Foi pensando nisso que escrevemos esse post contando para vocês o passo-a-passo de como conseguir o colorido que você quer sem ficar careca no processo.


O primeiro passo é analisar a cor atual dos seus cabelos.
Se você faz uso de colorações, deve prestar atenção redobrada. Se a cor do seu cabelo for um tom mais escuro ou muito avermelhado, você vai ter que fazer um processo totalmente diferente do que meninas que nunca pintaram o cabelo. Se a cor do seu cabelo for um tom mais claro, como loiros ou um ruivo mais "aberto" você terá menos trabalho em conseguir seu colorido. Vale ressaltar também que a textura do seu fio poderá influenciar o resultado de todo o processo, quanto mais grosso e escuro, mais trabalhoso. Quanto mais fino e claro, menos trabalhoso.
Por outro lado, fios finos podem se quebrar com mais facilidade, enquanto os grossos aguentam um pouco melhor as agressões, ou seja, todo cuidado na hora da análise é pouco.
Não se esqueça de realizar o teste de mecha. Ele é essencial para detectar possíveis alergias, feridas ou mesmo resultados indesejados.



Meu cabelo é escuro, e agora?
O que você vai fazer daqui pra frente depende muito da sua resposta a essa pergunta: Seu cabelo é escuro natural, ou esse tom escuro foi adquirido por coloração?

Cabelo escuro por coloração
Se o tom base da sua cor for até 6 (loiro escuro), você vai ter algum trabalho para se livrar dele, mas se seu cabelo for castanho ou mais escuro, esse problema se agrava. Você vai precisar fazer várias aplicações de dekapcolor, até retirar o máximo dos pigmentos artificiais depositados nos seus fios. O dekap, da yamá, serve para remover a coloração artificial dos fios, agredindo o mínimo possível e sem mudar drasticamente a estrutura dos seus fios, ou seja, esse passo é muito importante, pois você evita ficar muito tempo cm descolorante agindo nos fios e o dano será bem menor.
Fique atenta ao fato de que dekap color não clareia o cabelo ele apenas tira a coloração que já está lá. Tente não intensificar a ação do produto (com chapinhas, por exemplo) pois o dekap color system pode perder o efeito ou você pode perder os seus cabelos, e não é isso o que nós queremos, não é? Saiba que quanto mais escuro for o seu cabelo, mais aplicações de dekap color serão necessárias para remover a coloração dos seus fios.
O DEKAPCOLOR custa cerca de 40 reais. Sim, eu sei, um preço um pouco acima da média e talvez, mais do que você esteja disposto a pagar. Mas leve em conta que ele não agride o cabelo como um descolorante e portanto tem menos chances de você ter imprevistos antes, durante e depois do seu processo de descoloração.  Então pense que esse valor a mais que você está gastando agora, vai ser poupado em um futuro breve com produtos de tratamento para recuperar o seu cabelo. 
Depois que você eliminar toda a coloração artificial dos seus cabelos (ou o máximo que você conseguir, você seguirá o mesmo processo daqueles que tem cabelo natural (passo a passo abaixo).

Cuidados extras e cabelos que não precisam de descoloração.
A não ser que o seu cabelo seja loiro claríssimo, as chances de você precisar descolorir os fios é imensa, principalmente se você quiser arriscar tons como o azul e o verde, pois a chance de a mistura entre tons resultar em outra é muito grande - imagine que você quer um cabelo azul, descolore seus fios até o tom de loiro, passa a tinta azul e tcharam: você tem agora um cabelo verde! - então tome cuidado, e sempre analise a condição e cor dos seus fios antes de qualquer coisa.
Quando seus fios estão bem claros (com loiros claríssimos, ruivos bem claros, etc), você tem a vantagem de talvez não precisar descolorir os seus fios após o dekapcolor: basta passar a cor em cima e desfilar com os fios coloridos por aí. Isso acontece muito com pessoas que querem colorir os cabelos com as cores ROXO e PINK, por exemplo, pois não exigem uma descoloração tão "caprichada".
A descoloração
O que é descoloração?
A descoloração nada mais é do que o processo de retirada dos pigmentos (artificiais e naturais) dos fios. Na mistura feita, o oxidante tem o poder de abrir as escamas dos fios enquanto o pó descolorante elimina os pigmentos presentes no fio, porém, esse processo é muito agressivo, sempre recomendo que seja feito por um profissional capacitado. 
Caso realmente arrisque fazer sozinha, leve em conta que erros podem acontecer e a única responsável será você mesma, sem falar que fios porosos, quebradiços e cortes químicos são trabalhosos e demorados de serem reparados. Seja muito cuidadosa!


Como descolorir os fios?
Caso você tenha feito a análise da cor dos seus fios + cor desejada e constate que precisa mesmo descolorir os cabelos, lembre-se antes de qualquer coisa que você vai gastar algum (bom) dinheiro no processo e manutenção desse cabelo. 
Se os seus fios estão ressecados, finos, quebradiços ou passando por qualquer problema, esqueça a descoloração até que eles fiquem fortes novamente (Na parte III darei dicas para tratar os cabelos antes, durante e após a descoloração).
Comece escolhendo um bom descolorante e oxidante, não economize nessa parte, bons descolorantes fazem toda a diferença (na Parte II do Manual dou dicas só de produtos), e inicie o processo de descoloração descrito abaixo:
  1. Com os cabelos secos e desembaraçados (pode até estar de escova ou chapinha, não tem problema, não precisa lavar), divida-os como preferir e prenda-os com presilhas plásticas.
  2. Passe um creme ou gel de sua preferência na pele exposta da testa, nuca e orelhas, próxima a raiz.
  3. Faça a mistura do pó descolorante e oxidante, conforme orientações da embalagem (que varia de fabricante para fabricante, mas geralmente é 1 de pó descolorante para 2 de oxidante). Siga a medida exatamente como orientação do produto.
  4. Aplique nos fios, da nuca para a parte da frente e sempre de baixo para cima (primeiro pontas, raiz por último). Isso evita que a raiz fique muito mais clara que as pontas, o que não dá um efeito muito homogêneo.
  5. Depois de aplicado e bem espalhado, veja se não tem nenhuma parte sem descolorante.
  6. Deixe o tempo de pausa, como não tem um tempo específico para agir, o segredo é ir conferindo a cor até que ele atinja o clareamento que você deseja, mas nunca deixe mais de 30 minutos. As consequências podem ser graves.
  7. Lave bem os cabelos, com shampoo e tudo o que você tem direito.
  8. Trate bem os fios com as dicas da Parte III desse Manual.
Siga essas dicas:
  • Use luvas durante todo o processo, o descolorante machuca as mãos.
  • Não se esqueça também que o teste de mecha é essencial para detectar alergias, feridas ou mesmo resultados indesejados.
  • Não faça esse processo em um dia que você vá sair logo em seguida. Dê preferência para fazer o processo em um fim de semana preguiçoso e que você ficará em casa.
  • Não use secador ou chapinha após esse processo, deixe os fios secarem naturalmente, finalize com muito leave in e óleos.
  • Estar com os fios bons e reparados ANTES da descoloração é a melhor maneira de evitar complicações futuras.
  • Faça a descoloração quando quando os seus cabelos estiverem MUITO sujos, a oleosidade natural dos seus cabelos ajuda os fios a não ficarem tão ressecados, portanto, não é necessário lavá-los antes.
  • Quanto mais tempo o descolorante ficar nos seus cabelos, maior a agressão. Quanto menor o tempo, menor a agressão, por isso a escolha de um descolorante que faça o trabalho rapidamente é tão essencial.
  • Não use água oxigenada/ oxidante de 40 volumes. O resultado parece melhor a curto prazo, mas a longo prazo talvez você perca alguns centímetros dos cabelos: não vale a pena.
  • Se você não usar o dekapcolor antes desse processo, talvez você precise de mais que uma descoloração. Sim, seus cabelos irão sofrer mais. Respira fundo e tome cuidado!
  • Se tudo deu certo, agora é só partir para escolher a cor desejada, cuidar muito dos fios e ser feliz.
Fique atenta para as próximas postagens do "Manual da descoloração | Como conseguir cabelos coloridos" seguindo o blog

Parte I: Como eu removi a coloração escura dos fios sem danificar meus cabelos?
Parte III: Produtos para o processo de descoloração.
Parte IV: Como tratar os fios antes, durante e depois da descoloração.
Parte V: Escolhendo as cores fantasia.
Parte VI: Métodos alternativos de despigmentação: O que é Dekapcolor, Effaçol e Soap Cap?
Parte VII: Não deu certo, e agora?

Gostou desse Manual? Dê sugestões de outros manuais para nós nos comentários, vai ser um prazer escrevê-los!

Review | Batom Pink Velvet Lime Crime


Olá, tudo bem?
Hoje é sexta-feira e eu sei que deveria ter saído vídeo essa semana, mas não deu. Minha vida ainda está meio bagunçada e até tudo normalizar, vai ficar sem vídeo :/ Mas logo voltará ao normal, eu espero!
O post de hoje é resenha e eu sei que vocês gostam  né?


O review é desse batom maravilindo, Pink Velvet da Lime Crime, que é um desses batons líquidos que estão na moda agora, mas é pioneiro no assunto. Desde a primeira vez que o vi, fiquei louca e quis logo adquirir o meu.
A textura dele é bem lisinha e fina, e não seca imediatamente. Dá tempo de passar de boas, contornar com carinho e deixar secar depois. 
Mas todo cuidado é pouco: se você errar, é bom consertar na hora, pq depois JÁ ERA. Ele vai secar, grudar, e como é super pigmentado, vai dar muito trabalho para fazer qualquer conserto.

Os batons da Lime Crime, na minha opinião, são o segundo melhor batom líquido do mercado, perdendo apenas para os batons líquidos da Kat Von D (depois resenho pra vocês). O preço não é muito convidativo (cerca de R$80), mas a cor é linda e não existe nada igual. Tanto que tooodas as vezes que usei, alguém me perguntou que batom eu estava usando.
O Pink Velvet é um pink bem diferente de tudo, tentei achar algo parecido aqui em casa, mas olha: não tem NADA igual!


Meia-ponta, Dailus - Flat Out Fabulous, MAC - Pink Velvet, Lime Crime - All fired Up, MAC - Bloody Mary, NYX.

Dá pra ver que ele é bem mais vivo, sequinho, com um toque pink bem na medida. O mais similar de todos, na cor, é o Bloody Mary, da NYX. Mas não é idêntico na cor, e a textura é bem diferente.
Na duração então, nem se fala. Ele é um dos batons que mais duram em mim, e eu posso comer de boa, que ele só vai sair de leve. Se você não comer nem nada, dura 7 horas. Se comer, dura menos e começa a soltar do meio dos lábios, mas, miga, acredite, é AMOR.
O danado é difícil de fotografar fielmente pois é um batom mutante, hora parece mais quente, horas mais frio, mas ao vivo, ele é mais quente mesmo, como nessa imagem abaixo.


Em resumo, vale cada centavo, quando acabar comprarei outro e não, não existe substituto que chegue a altura.(não que eu conheça). 
E você, qual a sua marca de batom líquido favorito?

Review | Cicaplast Baume B5 da La Roche-Posay


Olá, tudo bem?
Feriadinho delícia, e eu acordei cedinho para compartilhar o review de um produto que eu recebi e estou encantada.
Chegou aqui essa caixinha do The Insiders com o produto, 10 amostras que eu estou distribuindo pras minhas amigas, e 5 vouchers de 20% de desconto para comprar o Cicaplast no site da La Roche-Posay (1 eu já usei para presentear vocês - conto mais ali embaixo - outro já mandei e 3 é pra quem quiser, basta me enviar um e-mail pedindo: contato@gmail.com).
Confesso que quando soube da existência do Cicaplast Baume B5, lançamento da La Roche-Posay, fiquei pensando: isso não vai rolar, porque já existem outros produtos com pantenol no mercado. Não tem como fazer melhor do que já existe.

Mas me enganei. Dava pra fazer melhor, e fizeram.
O Cicaplast é um daqueles produtinhos que prometem um monte de benefícios em um só, veja só, de acordo com o site da La Roche-Posay, a indicação do produto:

"Indicado para reparar e acalmar a pele sensibilizada de forma eficaz. Pele sensibilizada, descamações, lábios fragilizados, alívio da sensação de queimaduras solares, prevenção de assaduras, ressecamento intenso, pós-procedimentos dermatológicos (laser e peeling. Uso em pele íntegra), desconfortos cutâneos. Adultos, crianças e bebês. Pode ser aplicado no rosto, corpo e lábios." 
Assim que o produto chegou, comecei logo a testar no lugar que eu mais precisava: a minha boca.
Sempre quis um produto que não fosse muito melecado nem esbranquiçado para aplicar nos lábios, e que funcionasse tipo, pra ontem! E foi isso o que me conquistou logo de cara no Cicaplast, a textura: o produto é levinho, não é oleoso, e ele desliza, sem deixar uma aparência melecada aos lábios (só não vale se lambuzar demais, pq aí não vai ter jeito!). Aprovei!
O produto também absorve super rápido e a embalagem é bem feitinha, evitando o desperdício de produto.


O produto também absorve super rápido e a embalagem é bem feitinha, evitando o desperdício de produto. Na foto acima passei uma camadinha bem generosa de produto e só passei levemente o dedo, para vocês verem como a textura dele é macia e levinha.
Usei o produto também na Nina, contra assaduras. Ela nunca teve assaduras na vida, mas o produto deixou a pele mais macia que as outras pomadas que já usei nela, além de não ter cheiro e não ter dado nenhuma reação alérgica. Gostei também. 2 pontos pro Cicaplast!
Ainda não tenho um veredicto quanto as outras funções do produto, pois quero testar um pouco mais nos meus cotovelos e joelhos para passar as informações para vocês, mas daí volto aqui e dou um update nesse post. 
Ah! Também andei aprontando: ontem a noite passei um pouco do produto nas minhas alergias do rosto, onde a pele está lesionada, será que vai adiantar? Espero que ajude. Pelo menos alergia não deu, não coçou nem pinicou, então já estou feliz. Se melhorar eu volto e conto também!
Como vocês já viram, minha primeira impressão do Cicaplast Baume B5 da La Roche-Posay foi ótima, e como fiquei muito, muito apaixonada, decidi comprar mais um para presentear uma leitora.
Quer saber como participar e ganhar um Cicaplast Baume B5 para testar? É só voltar na segunda-feira aqui no blog para ficar por dentro do Concurso Cultural que vai rolar. Ou curte aqui para saber de primeira mão :)
- Eba!!

Look do Dia | Vestidinho preto + Barriguinha de ex-grávida


Bom dia, meninas! Tudo bem?
Estou sumida por causa de alguns probleminhas com a Marina, vocês sabem.. vida de gente que é gente é assim, cheia de altos e baixos.


E esse look é de semana passada, quando fui ao shopping com meu marido e a bebê, tivemos que tirar as fotos bem rapidinho porque estava muito frio e um suuuper vento, e a Marina não podia ficar exposta muito tempo. Ainda bem que o marido é rápido nos cliques, não sei o que faria sem ele!


Já esse sapato estava esquecido desde quando os meus pés começaram a inchar, no final da gestação, comprado na Renner do Shopping Dom Pedro, e ele é da marca Satinato.


Bom, a barriguinha de ex-grávida ainda está bem presente, afinal a Nina só tem 5 meses e eu não sou nenhuma musa fitness hahaha, porém ~não sei se isso é bom ou ruim~ depois de alguns probleminhas, acabei emagrecendo 2 quilos em 2 semanas :O Não foi saudável, são muitas noites sem dormir e preocupações, mas tô quase voltando ao peso de antes da gravidez - falta só 1 quilo para perder e eu volto aos 49 quilos - e isso é algo bem feliz pra mim hahaha
Fazia tempo que eu não fazia look do dia por aqui, não sou nenhuma modelo nem nada assim, dá muita vergonha, mas eu espero que vocês tenham gostado, então deixa um comentário aqui pra eu saber o que você achou! :D
>>